APEOESP - Logotipo
Sindicato dos Professores

FILIADO À CNTE E CUT

Acessar Cadastre-se

ACONTECE NA SUBSEDE

Redes Sociais Twitter YouTube RSS

Compartilhe: Imprimir

Voltar

Qua, 27 de Junho 2018 - 21:41

Antiga escola de Santos tem mais de 2 mil livros abandonados

Por: Gustavo T. de Miranda - A Tribuna - 26.06

 
 
 
Material foi encontrado durante vistoria ao prédio que abrigava a Braz Cubas, no Marapé
 
Fechado desde dezembro, o prédio da antiga Escola Estadual Braz Cubas, no Marapé, em Santos, guarda mais de 2 mil livros didáticos de ensinos Fundamental e Médio empoeirados e empilhados em corredores. No mesmo lugar, A Tribuna encontrou prontuários de alunos e documentos de professores, em gavetas fora de armários.
 
Por nota, a Secretaria de Estado da Educação afirma que os livros eram de “uma quantidade extra para atender demandas esporádicas, como alunos novos que chegam à rede e eventuais substituições em casos de perdas e danos”.
 
O material foi encontrado na manhã de segunda-feira (25), enquanto uma comissão preparava uma vistoria ao edifício, de propriedade da Prefeitura, mas que era cedido ao Estado.
 
O prédio da antiga escola, desativada sob alegação de ter número de alunos muito inferior a sua capacidade, tem sido cogitado como a possível sede para a instalação da 5ª Companhia do 6º Batalhão da Polícia Militar.
 
Sujeira e poeira
 
Os mais de 2 mil livros didáticos estão empacotados e empilhados nos corredores da escola. São novos e levam etiquetas do Programa Nacional do Livro e do Material Didático (PNLD), do Ministério da Educação (MEC).
 
Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado da Educação, os livros fazem parte da reserva técnica da Diretoria Regional de Ensino.
 
A pasta assegura não faltar material didático para alunos de outras escolas estaduais. Justifica que os livros ficaram na escola porque a pasta ainda não finalizou a desocupação da unidade desativada.
 
Ainda conforme a secretaria, o Ministério da Educação envia uma quantidade extra de material, a pasta tinha conhecimento de que estava “guardado no local” e que estava apurando qual deveria ser a destinação dos livros.
 
A assessoria também citou que, até 3 de maio, havia funcionários trabalhando no colégio. A ideia é levar os livros à Diretoria Regional de Ensino em Santos, instalada no edifício do colégio Cleóbulo Amazonas Duarte, na Encruzilhada.
 
Prédio deteriorado
 
O cenário da antiga Escola Estadual Braz Cubas é desalentador: os telhados das duas edificações da escola têm telhas desencaixadas, com aberturas para água da chuva, gerando acúmulo nas lajes e infiltrações nas paredes.
 
A Tribuna teve acesso a um estudo preliminar da PM, pelo qual o prédio tem ferragens expostas, infiltrações, fissuras, trincas, rachaduras e inclinação do piso, esta causada por problemas no solo do imóvel.
Topo

APEOESP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo - Praça da República, 282 - CEP: 01045-000 - São Paulo SP - Fone: (11) 3350-6000
© Copyright APEOESP 2002/2011