APEOESP - Logotipo
Sindicato dos Professores

FILIADO À CNTE E CUT

Acessar Cadastre-se

ACONTECE NA SUBSEDE

Redes Sociais Twitter YouTube RSS

Compartilhe: Imprimir

Voltar

Sex, 13 de Abril 2012 - 14:35

Audiência discute falta de médicos peritos

Servidores públicos de diversas entidades se reuniram na manhã de ontem em uma audiência pública na Câmara Municipal para pedir o apoio dos vereadores sobre a questão da ausência de médicos peritos para atender a categoria na cidade.

Por: Bauru, sexta-feira, 13 de abril de 2012 - Página 8

Servidores públicos de diversas entidades se reuniram na manhã de ontem em uma audiência pública na Câmara Municipal para pedir o apoio dos vereadores sobre a questão da ausência de médicos peritos para atender a categoria na cidade.

De acordo com os representantes das associações e sindicatos presentes, o médico que realizava o procedimento para concessão de licenças dos servidores se aposentou no final de 2011 e, até o momento, nenhum profissional teria sido contratado para atender a demanda.

Uma resolução do governo do Estado, publicada em janeiro deste ano, transferiu e centralizou os atendimentos em São Paulo. Com a medida, os funcionários que apresentam algum problema de saúde precisam se deslocarem até a capital para conseguirem o exame e, por fim, a licença.

Para o Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de São Paulo (Apeoesp), a medida adotada pelo governo para resolver a necessidade se apresenta inviável e precisa ser revista. “Houve um acúmulo de perícias desde fevereiro. Tudo é agendado em São Paulo. O custo, a locomoção e o quadro de saúde da pessoa deve ser levado em conta, afinal, desgasta ainda mais os servidores. É absurda a situação e estamos aqui pedindo força aos políticos para que nos ajudem a levar as reclamações à Secretária de Gestão do Estado”, aponta a diretora estadual da Apeoesp, Suzi Silva. “É um direito nosso que está sendo massacrado pelo governo, não podemos admitir”, completa Vera Lúcia Durand, diretora regional do Centro Professorado Paulista (CPP).

Dos 18 vereadores, apenas três compareceram à sessão, que foi presidida por Fabiano Mariano (PDT). Além dele, Fernando Montovani (PSDB) e Chiara Raniere (DEM) também estiveram presentes e, ao final da audiência, se comprometeram a levar a questão dos servidores às bases estaduais.

Além da Apeoesp e do CPP, também estiveram na audiências a Associação de Professores do Magistério Público do Estado de São Paulo (Apampesp), o Sindicato dos Funcionários e Servidores da Educação (Afuse), Sindicato dos Servidores Públicos do Sistema Penitenciário Paulista (Sindcop) e representantes do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual (Iamspe). (Marcele Tonelli)
 

Topo

APEOESP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo - Praça da República, 282 - CEP: 01045-000 - São Paulo SP - Fone: (11) 3350-6000
© Copyright APEOESP 2002/2011