APEOESP - Logotipo
Sindicato dos Professores

FILIADO À CNTE E CUT

Acessar Cadastre-se

Publicações

Redes Sociais Twitter YouTube RSS
Observatório da Violência

Observatório da Violência

Compartilhe: Imprimir

Voltar

Sex, 08 de Fevereiro 2019 - 15:13

Escola é furtada e 320 alunos ficam sem aula no Dom Pedro em São José

G1 - 07.02 - G1 Vale do Paraíba e Região

 
 
Bandidos furtaram computadores, notebooks, caixa de som e na fuga ainda furtaram as gravações das câmeras de segurança.
 
Cerca de 320 alunos ficaram sem aula nesta quinta-feira (7) depois que criminosos depredaram e furtaram uma escola estadual no bairro Dom Pedro 1º, na zona sul de São José dos Campos.
 
Os criminosos furtaram 31 computadores, três notebooks, uma caixa de som e na fuga ainda furtaram as gravações das câmeras de segurança da escola estadual Najla Jamile Santos Machado de Araújo. Segundo funcionários, os criminosos arrombaram as grades e entraram pela janela da sala do diretor. Eles arrombaram várias salas, furtaram os produtos e fugiram pelo portão principal da escola.
 
As aulas foram suspensas pela manhã, para que a Polícia Militar fizesse uma inspeção do local, e cerca de 320 alunos do 1º ao 5º ano ficaram sem aulas. No período da tarde as aulas acontecerão normalmente.
 
De acordo com vizinhos da escola, por volta da 1h o alarme da escola disparou, eles teriam ligado para o 190 informando o ocorrido, mas nenhuma viatura da polícia teria ido até o local. A polícia contesta a versão. (leia abaixo)
 
Funcionários da escola também se queixaram da demora na chegada da polícia. Segundo os funcionários, por volta das 6h30 eles teriam ligado para o 190, mas somente após as 8h uma equipe da polícia militar teria chegado na escola.
 
Outro lado
A PM informou em nota que uma viatura da ronda escolar foi ao local após ser acionada por uma vizinha da unidade, que relatou ter visto adolescentes pulando de dentro para fora da escola antes da chegada dos policiais.
 
"Os policiais fizeram uma vistoria no entorno da escola e por sobre os muros, contudo não identificou nenhum sinal de anormalidade. Após esse atendimento, não houve registro junto ao Copom de novas ligações no período noturno e madrugada, sendo a Polícia Militar acionada pela manhã após funcionários da escola chegarem e constatarem ter ocorrido o arrombamento de uma das janelas e o furto de vários equipamentos de informática", disse a nota.
 
A PM informou que foi feito o registro da PM e os responsáveis pela escola foram orientados pela Polícia Civil a comparecerem na Polícia Civil para prestar queixa.
 
A empresa que faz a segurança da escola foi consultada pela diretoria, mas informou que não há registro de acionamento do alarme e que não é possível ver as filmagens das câmeras de segurança, já que os bandidos também furtaram a gravação.
 
Por nota, a Secretaria da Educação disse que lamenta o caso de furto, informou que a direção do colégio registrará boletim de ocorrência e que a reposição dos equipamentos já está sendo providenciada. A secretaria disse ainda que o conteúdo pedagógico dos alunos da manhã, que não tiveram aula, será reposto.
 
A Polícia Militar foi acionada para comentar o caso, mas até a publicação desta reportagem não havia respondido os questionamentos do G1.
 
Topo

APEOESP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo - Praça da República, 282 - CEP: 01045-000 - São Paulo SP - Fone: (11) 3350-6000
© Copyright APEOESP 2002/2011