APEOESP - Logotipo
Sindicato dos Professores

FILIADO À CNTE E CUT

Acessar Cadastre-se

ACONTECE NA SUBSEDE

Redes Sociais Twitter YouTube RSS

Compartilhe: Imprimir

Voltar

Sex, 09 de Dezembro 2011 - 18:17

Conselheiros da Sudeste entregam pauta de reivindicações ao governador e ao secretário de Educação

No dia 19 de agosto, o governador Geraldo Alckmin e o secretário de Estado da Educação, Herman Voorwald, estiveram na Escola Estadual Alexandre de Gusmão, no Ipiranga, para inaugurar o Centro de Estudo de Línguas (CEL)...

Por:

No dia 19 de agosto, o governador Geraldo Alckmin e o secretário de Estado da Educação, Herman Voorwald, estiveram na Escola Estadual Alexandre de Gusmão, no Ipiranga, para inaugurar o Centro de Estudo de Línguas (CEL). Aproveitando a oportunidade, conselheiros da Subsede Sudeste-Centro e o secretário de Comunicações da APEOESP, Roberto Guido, marcaram presença na atividade.

Assim que o governador e o secretário chegaram à escola, o diretor da APEOESP Roberto Guido e conselheiros regionais conseguiram abordá-los e entregar-lhes a pauta de revindicações do sindicato – que cobra, entre outras questões, aplicação imediata da jornada da lei do piso: 1/3 para atividades extraclasse; por uma carreira que atenda às necessidades da categoria; atribuição de aulas justa e transparente; integralidade das férias: revogação da Resolução 44, já!; reposição imediata de 36,74% e incorporação das gratificações; reposição salarial anual; respeito à data-base; revogação das leis 1093 (provinha) e 1041 (limite nas licenças de saúde); concurso público classificatório e estabilidade para todos os temporários.

Além disso, conselheiros da subsede também debateram com o governador e o secretário da Educação. A conselheira Mônica Severo, secretária de Comunicações da subsede, falou sobre os baixos salários e a jornada estafante dos professores; a coordenadora da subsede, Regina Sena, e o secretário de Formação, Juarez Leobino Dias, listaram para o secretário da Educação as escolas da região que têm problemas estruturais e físicos. Por exemplo, falaram sobre a EE Álvaro de Souza Lima, a Caetano de Campos da Consolação e a EE Carlos Augusto Villalva, que têm problemas estruturais. Esta última, está com sete salas interditadas em função de o teto ter despencado; além disso, os alunos estão estudando em regime de revezamento nas salas que não foram atendidas. Apontaram, ainda, a falta de funcionários, entre outros problemas, que atingem as Escolas Estaduais João Ernesto Faggin, Leonor Quadros, Perola Bayton, Ângelo Mendes e Maria Augusta Neves. Estiveram presentes ainda os conselheiros Dalva Aparecida dos Santos; Rosane Cecília Grellet, Tânia Botti Mola Dias; Maria Lúcia Machado, Sueli Romero e Yara Calles.

Durante a conversa que manteve com o secretário e com o governador, Roberto Guido deu ênfase a algumas questões ainda pendentes, como o Plano de Carreira, a implantação da jornada da Lei Piso Salarial Nacional (1/3 da jornada em atividades extraclasse), a elaboração de um Plano Estadual de Educação, bem como a questão do parcelamento do “reajuste “ salarial e das férias (Resolução SE 44).

Enquanto deputados, o secretário e o governador discursavam, os representantes da subsede abriram faixas na plenária, o que causou alvoroço entre os presentes – diretores, vice-diretores, coordenadores e professores, muitos dos quais informaram à APEOESP, que foram “convocados” para participar do evento.

Topo

APEOESP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo - Praça da República, 282 - CEP: 01045-000 - São Paulo SP - Fone: (11) 3350-6000
© Copyright APEOESP 2002/2011