APEOESP - Logotipo
Sindicato dos Professores

FILIADO À CNTE E CUT

Acessar Cadastre-se

ACONTECE NA SUBSEDE

Redes Sociais Twitter YouTube RSS

Compartilhe: Imprimir

Voltar

Qui, 02 de Março 2017 - 19:40

Pais Reclamam da Falta de Merenda em Escola Estadual; Secretaria de Educação nega

Segundo relatos, a EE Nicola Mastrocola estava sem merenda desde o dia 3 de fevereiro

Por: Karla Sibro - O Regional - 24.0

 
Pais de alunos da Escola Estadual Nicola Mastrocola reclamam da falta de merenda há mais de 15 dias. Segundo relato dos pais de alunos que ligaram para a redação de O Regional, a escola estava sem merenda desde o dia 3 de fevereiro. A Secretaria de Educação Estadual nega.
 
“As aulas voltaram no dia 2 de fevereiro, nesse dia teve merenda, já do dia 3 até o dia 21 a escola ainda estava sem merenda. Eu não tenho condições de dar dinheiro para meus dois filhos todos os dias. Estou muito preocupada porque onde já se viu eles não fornecerem a merenda. Até agora já gastei mais de R$ 50 reais. Estou preocupada em como vai ser. Não tenho dinheiro para dar todos os dias”, relata uma mãe de dois alunos que estudam na escola e que preferiu não se identificar.
 
No mesmo dia, mais uma mãe ligou para a reportagem de O Regional relatando sobre a falta de merenda na escola.
“Teve um dia que a cantina da escola não teve salgado para todos e a escola teve que aumentar o intervalo em mais 20 minutos para poder chegar outra remessa de salgado. Isso é um absurdo. Por que que não está tendo a merenda?”, diz a mãe de outro aluno, que também preferiu não se identificar.
 
De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, a situação da merenda em todas as escolas de Catanduva é regular. “Na EE Nicola Mastrocola, os alunos iniciaram o ano letivo com a merenda manipulada (arroz, feijão, carne, salada, macarrão, etc.). Apenas em quatro dias da semana passada foram servidos alimentos que não requerem manipulação (bolacha, bolinho, suco, bebidas lácteas, etc.) enquanto um novo contrato para a contratação de merendeiras era providenciado.
 
Desde o começo da semana a merenda manipulada está novamente sendo servida nesta escola”, informa a assessoria.O setor também enviou fotos dos alunos no refeitório que teriam como data o dia 22 de fevereiro às 15h20.
Topo

APEOESP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo - Praça da República, 282 - CEP: 01045-000 - São Paulo SP - Fone: (11) 3350-6000
© Copyright APEOESP 2002/2011