APEOESP - Logotipo
Sindicato dos Professores

FILIADO À CNTE E CUT

Acessar Cadastre-se

NOTÍCIAS 2022

Redes Sociais Twitter YouTube RSS

Compartilhe: Imprimir

Voltar

Ter, 06 de Setembro 2022 - 17:05

A um mês da eleição, Rodrigo autoriza concurso para professores em SP

Segundo a Secretaria Estadual de Educação, o concurso prevê a contratação de 15 mil professores - 10,7 mil para jornada de 40 horas semanais e 4,3 mil para a de 25 horas

Por: Ana Paula Bimbati - Do UOL, em São Paulo

O governo do estado de São Paulo autorizará nesta terça-feira (6) a realização de concurso público para contratar professores. A decisão será publicada no Diário Oficial e acontece um mês antes das eleições, que o atual governador Rodrigo Garcia (PSDB) tenta a reeleição. Segundo a Secretaria Estadual de Educação, o concurso prevê a contratação de 15 mil professores —10,7 mil para jornada de 40 horas semanais e 4,3 mil para a de 25 horas.

Há datas para o concurso? Ainda não há informações detalhadas sobre quando o concurso deve acontecer. Somente após a publicação da autorização, que acontece nesta terça-feira, a pasta da Educação pode planejar os próximos trâmites —sendo um deles, a data da prova.

Falta professor. A autorização do concurso para professores acontece meses após um estudo da Repu (Rede Escola Pública e Universidade) mostrar que 17% das aulas dos itinerários formativos —disciplinas que são escolhidas pelos alunos para cursar no ensino médio— estão sem docentes. Depois da divulgação do número, a secretaria chegou a abrir 2.900 vagas temporárias, mas também não conseguiu preencher todas as posições. O prazo para contratação se encerrou em 2 junho devido as regras eleitorais. Neste período, a pasta chegou a liberar que aulas de geografia e história, por exemplo, pudessem ser oferecidas por professores sem formação na área.

A falta de professores na rede está relacionada a maior oferta de aulas do novo ensino médio e ao aumento de escolas do PEI (Programa de Ensino Integral) —usado por Rodrigo na campanha eleitoral. De 2019 para cá, o governo aumentou de 364 para 2.050 escolas nesse formato. Segundo a secretaria, as turmas que estão sem professores recebem conteúdo gravado do Centro de Mídias. Na última pesquisa Datafolha, divulgada na semana passada, o atual governador apare.em terceiro lugar na corrida eleitoral com 15% das intenções de voto. Em primeiro lugar, está Fernando Haddad (PT) com 35% e Tarcísio de Freitas (Republicanos) com 21%.

Desde 2013 sem concurso. O estado paulista não realiza novos concursos para contratação de professores desde 2013. Em 2018, o então governador Márcio França (PSB) chegou a autorizar um concurso, mas, em 2019, João Doria (PSDB) suspendeu a autorização.

 

Topo

APEOESP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo - Praça da República, 282 - CEP: 01045-000 - São Paulo SP - Fone: (11) 3350-6000
© Copyright APEOESP 2002/2011