APEOESP - Logotipo
Sindicato dos Professores

FILIADO À CNTE E CUT

Acessar Cadastre-se

Publicações

Redes Sociais Twitter YouTube RSS
Observatório da Violência

Observatório da Violência

Compartilhe: Imprimir

Voltar

Sex, 07 de Junho 2019 - 22:00

Aluno arremessa mesa contra professora após ser advertido por usar pochete em escola

G1 Rio Preto e Araçatuba

 
Confusão começou quando a coordenadora pediu para que adolescente de 17 anos retirasse a pochete; escola estadual de Guaraci registrou um boletim de ocorrência. Professora de 47 anos precisou passar por atendimento médico.
 
Um adolescente de 17 anos foi detido após jogar uma carteira escolar contra uma professora dentro da Escola Estadual José Antônio Santana, em Guaraci (SP), nesta quinta-feira (6). Segundo a Polícia Militar, a confusão começou depois que o estudante foi advertido por estar usando uma pochete.
 
Ainda de acordo com a Polícia Militar, a coordenadora da unidade informou que pediu ao estudante para ele retirar a pochete, já que o adereço é proibido dentro das dependências da escola.
 
Sem obedecer ao pedido da coordenação, funcionárias do local chamaram a mãe do aluno, que trabalha em um estabelecimento na frente da escola. Quando a mãe chegou ao local, o adolescente entregou a pochete para a coordenadora. Contudo, em seguida, pegou uma carteira escolar e lançou contra a profissional.
 
Ainda segundo a corporação, a coordenadora conseguiu desviar do objeto, mas a professora foi atingida. Além disso, ele também teria ameaçado diversas vezes os funcionários da escola.
 
A professora precisou ser socorrida para o Hospital Santa Casa do município. Ela passou por atendimento médico, foi medicada e recebeu alta hospitalar em seguida.
 
Policiais militares foram acionados e compareceram na unidade escolar. O menino foi ouvido e liberado para ficar aos cuidados da mãe.
 
A Polícia Civil afirmou que a direção da escola registrou um boletim de ocorrência e o caso será enviado para a Vara da Infância e Juventude de Olímpia (SP). A corporação também contou que o suspeito possui antecedentes criminais por tráfico de drogas.
 
O G1 entrou em contato com a Vara da Infância e Juventude que afirmou não ter recebido o caso. No entanto, afirmou que quando foi enviado, eles irão escutar as testemunhas envolvidas para definir o que irão fazer com o menor de idade.
 
O que diz o Estado
A Diretoria Regional de Ensino de Barretos informou que lamenta o episódio e repudia todo e qualquer ato de violência dentro e fora do ambiente escolar.
 
A direção da unidade acionou a Polícia e registrou boletim de ocorrência. Os responsáveis pelo aluno foram chamados, o estudante foi suspenso e o Conselho Tutelar será acionado para acompanhar o caso. O Conselho Escolar irá se reunir para decidir as medidas pedagógicas adotadas.
Topo

APEOESP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo - Praça da República, 282 - CEP: 01045-000 - São Paulo SP - Fone: (11) 3350-6000
© Copyright APEOESP 2002/2011