APEOESP - Logotipo
Sindicato dos Professores

FILIADO À CNTE E CUT

Acessar Cadastre-se

Publicações

Redes Sociais Twitter YouTube RSS
Observatório da Violência

Observatório da Violência

Compartilhe: Imprimir

Voltar

Qui, 06 de Junho 2013 - 14:10

Bombardeada, escola da zona sul de SP chama bairro para pedir paz

No dia 27/5, uma segunda-feira, um grupo de professores conversava na Escola Estadual Professora Davina Aguiar Dias, localizada no Jardim Imbé, na zona sul de São Paulo, quando oito bombas foram jogadas pelos muros e quase feriram os docentes. Indignados com a situação, resolveram sair em ato para chamar a comunidade para dentro da escola. o “Ato pela Paz nas Escolas” acontece no dia 8/6, sábado, às 10h, com concentração em frente ao colégio.

“A escola pública passa por um processo de sucateamento e não é reconhecida como um aparelho pela comunidade, não a veem como algo pertencente a elas também. Queremos sair pelas ruas do bairro, chamando todos à virem para a dentro do espaço escolar”, disse o professor de história, Ronei Castanho, que trabalha há cinco anos no colégio e vive no bairro desde que nasceu. Sua mãe também é professora na instituição.

Ronei lembrou que a escola foi construída na década de 60 e que diversas gerações de moradores já passaram por lá, o que tornaria ainda mais natural a apropriação do local pelo bairro. “Precisamos garantir a segurança dos professores e dos alunos. E essa união entre comunidade e educação pode ajudar nisso, nesse cuidado”, ponderou Castanho, que também ajuda a organizar o Dia da Cidadania, nesta quarta-feira (6/6), que abrirá o colégio para realizar atividades que incentivem a cultura de paz.

O Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp), por meio de seu Observatório de Violência nas Escolas, também participa das mobilizações. Para quem quiser apoiar o protesto, a Escola Estadual Professora Davina Aguiar Dias está localizada à Rua Francisco de Abreu, s/nº, no Jardim Imbé (região de Capão Redondo).

Heliópolis também caminha pela paz

Desde o assassinato de Leonarda, estudante das EMEI Campos Salles, em 1999, estudantes, professores e moradores do bairro de Heliópolis, realizam a Caminhada pela Paz. Em sua 15ª edição, o ato irá às ruas nesta quarta-feira, 6/6, com o tema “Políticas Públicas e Consciência Comunitária Assegurando A Construção de Uma Sociedade Educadora”. A manifestação costuma reunir mais de 15 mil pesssoas e é um marco importante da união entre comunidade e escola.

Pedro Ribeiro Nogueira - Portal Aprendiz - 04/06

Topo

APEOESP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo - Praça da República, 282 - CEP: 01045-000 - São Paulo SP - Fone: (11) 3350-6000
© Copyright APEOESP 2002/2011