APEOESP - Logotipo
Sindicato dos Professores

FILIADO À CNTE E CUT

Acessar Cadastre-se

Publicações

Redes Sociais Twitter YouTube RSS
Observatório da Violência

Observatório da Violência

Compartilhe: Imprimir

Voltar

Sex, 04 de Outubro 2019 - 15:31

Escola estadual tem equipamentos de informática furtados em Embu das Artes

G1 - 03.10

 
 
Caso ocorreu durante a madrugada desta quarta-feira (02); cerca de 16 computadores, um projetor, uma televisão e outros equipamentos de informática foram levados.
 
A Escola Estadual Jardim Magali, em Embu das Artes, na Grande São Paulo, teve 16 computadores, uma televisão, um projetor de imagem e outros equipamentos de informática furtados na madrugada desta quarta-feira (2).
 
A escola, que atende crianças de 6 a 10 anos, teve que suspender as aulas na quarta-feira por conta da perícia policial, informou a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. A direção da escola diz que está fazendo esforços para que os alunos não saiam ainda mais prejudicados.
 
Segundo a mãe de um aluno, que não quis se identificar, por mais que a escola tenha um bom sistema de segurança, a sensação agora é de medo.
 
"É muito triste! A escola tem portões, travas e câmeras. Eu me sentia um pouco tranquila quanto a segurança deles [as crianças], mas saber que o lugar onde meus filhos passam a maior parte do tempo foi invadida e furtada dá uma sensação de impotência, de insegurança", disse.
 
"É o único contato que eles têm com informática e a escola recebeu há pouco tempo as máquinas, demorou anos para conseguir", completou.
De acordo com a direção da escola, os computadores eram utilizados diariamente pelos alunos e funcionários da unidade para as atividades de informática.
 
A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que instaurou um inquérito para investigar o caso e que "as diligências estão em andamento para identificar e prender os autores, além de recuperar os objetos que foram furtados".
 
A SSP também informa que o patrulhamento preventivo da Polícia Militar na região é permanentemente reorientado com base no registro das ocorrências e análise dos indicadores criminais.
 
Conforme informações da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo as providências para reparo e reposição do material furtado estão sendo tomadas. Todo o conteúdo pedagógico será reposto.
 
Topo

APEOESP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo - Praça da República, 282 - CEP: 01045-000 - São Paulo SP - Fone: (11) 3350-6000
© Copyright APEOESP 2002/2011