APEOESP - Logotipo
Sindicato dos Professores

FILIADO À CNTE E CUT

Acessar Cadastre-se

Publicações

Redes Sociais Twitter YouTube RSS
Observatório da Violência

Observatório da Violência

Compartilhe: Imprimir

Voltar

Qua, 18 de Abril 2018 - 19:49

Estudante é flagrado com simulacro de arma de fogo dentro de escola pública em Presidente Prudente

G1 - 17.04 - Presidente Prudente

 
 
 
 
Aluno do nono ano do ensino fundamental estava com o objeto na cintura e, ao ser questionado, disse que um amigo teria pedido para ele guardar.
 
Um estudante foi flagrado com um simulacro de arma de fogo na Escola Estadual Pastor Carlos Padilha de Siqueira, no Jardim Santa Mônica, em Presidente Prudente. Segundo as informações do Boletim de Ocorrência, o caso foi registrado nesta segunda-feira (16), na Delegacia Participativa da Polícia Civil, pelo diretor da instituição pública de ensino.
 
Conforme o documento policial, o aluno, do nono ano do ensino fundamental, estava com o objeto na cintura. Ao ser questionado, o indivíduo relatou que um amigo teria pedido para ele guardar o simulacro e o mesmo o levou para a escola.
 
Ainda de acordo com o BO, o diretor da unidade escolar disse que guardou o objeto e só comunicou a polícia após o fim de semana porque viajou na sexta-feira (13), dia em que o simulacro foi encontrado. A mãe do garoto foi comunicada sobre o caso e compareceu à delegacia.
 
Diante dos fatos, o simulacro de arma de fogo foi apreendido e o menor entregue à sua genitora mediante a assinatura de um termo de compromisso e responsabilidade.
 
Por meio de nota, a Diretoria Regional de Ensino de Presidente Prudente informou ao G1 que todas as medidas pedagógicas foram tomadas em relação ao aluno que portava o simulacro de arma de fogo dentro da escola.
 
A mãe do adolescente foi chamada pela direção da Escola Estadual Pastor Carlos Padilha de Siqueira para uma reunião, com a participação do professor mediador, que é um profissional capacitado para lidar em situações de conflito e também pela equipe gestora da unidade escolar.
 
Um Boletim de Ocorrência foi registrado e caberá às autoridades competentes darem prosseguimento ao caso, segundo a Diretoria Regional de Ensino.
Topo

APEOESP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo - Praça da República, 282 - CEP: 01045-000 - São Paulo SP - Fone: (11) 3350-6000
© Copyright APEOESP 2002/2011