APEOESP - Logotipo
Sindicato dos Professores

FILIADO À CNTE E CUT

Acessar Cadastre-se

Publicações

Redes Sociais Twitter YouTube RSS
Observatório da Violência

Observatório da Violência

Compartilhe: Imprimir

Voltar

Seg, 10 de Junho 2013 - 13:55

Por uma aliança entre educadores, pais, Estado e comunidade contra a violência nas escolas

Por: Maria Izabel Azevedo Noronha - Presidenta da APEOESP

O recente caso de agressão de um estudante contra o professor de Matemática Israel Guimarães, na Escola Estadual Alberto Graf, no Município de Caieiras, demonstra a gravidade e banalização da violência nas escolas, já apontadas na pesquisa “Violência nas Escolas: O Olhar dos Professores”, realizada pela APEOESP por intermédio do Instituto Data Popular e divulgada no dia 9 de junho. A pesquisa mostra que quatro em cada dez professores já foram vítimas de violência na sua unidade escolar.

A sociedade não pode mais conviver com este tipo de situação. O problema é complexo e exige uma tomada de posição das autoridades, mas também das famílias. É absolutamente necessário que se constitua uma aliança entre professores e pais para que se encontrem e se efetivem soluções. É preciso que a comunidade tome também para si o empenho nessa questão.

Entendemos que a complexidade do quadro de violência nas unidades escolares necessita de múltiplas medidas e soluções. Ela envolve aspectos pedagógicos e educacionais, gestão democrática das escolas, por meio dos conselhos de escola, aspectos de segurança e outros. Envolve, sobretudo, muito diálogo e muito debate de ideias para que se encontrem saídas que não derivem simplesmente para o autoritarismo ou que reduzam o problema ao aspecto disciplinar. Estamos diante de uma questão social e educacional e com tal deve ser encarada.

De nossa parte, negociamos com a Secretaria Estadual da Educação, no final da greve que realizamos de 19 de abril a 10 de maio, um protocolo para a realização de um convênio entre a APEOESP e a SEE visando desenvolver um projeto de prevenção e combate à violência nas escolas. Os termos do convênio estão sendo elaborados. Desta iniciativa, de acordo com o plano de trabalho que vier a ser elaborado, poderão derivar iniciativas regionais e locais, nas cidades e nas próprias escolas, mobilizando as comunidades escolares, as famílias e a sociedade civil organizada.

No caso presente é preciso que o Conselho de Escola seja convocado, posicione-se sobre o fato e tome medidas e que os pais do aluno sejam chamados à escola para que também assumam suas responsabilidades. A violência nas escolas afeta toda a sociedade e as soluções devem ser igualmente assumidas por todos.

Topo

APEOESP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo - Praça da República, 282 - CEP: 01045-000 - São Paulo SP - Fone: (11) 3350-6000
© Copyright APEOESP 2002/2011