APEOESP - Logotipo
Sindicato dos Professores

FILIADO À CNTE E CUT

Acessar Cadastre-se

Publicações

Redes Sociais Twitter YouTube RSS
Observatório da Violência

Observatório da Violência

Compartilhe: Imprimir

Voltar

Sex, 12 de Abril 2019 - 16:43

Professor discute com aluno, ameaça expulsá-lo e adolescente retruca: 'Acha que estou ligando?'

G1 - 12.04 - Ana Borges, G1 Bauru e Marília

 
Discussão entre professor e estudante foi registrada dentro de sala de aula em Lins (SP) e vídeo viralizou. Caso foi registrado na Polícia Civil.
 
Uma discussão entre um professor e um aluno da Escola Estadual Fernando Costa, no Centro de Lins (SP), foi parar na polícia. Um vídeo, gravado por um dos estudantes e que viralizou nas redes sociais, mostra a briga dentro da sala de aula. Nas imagens o professor aparece já exaltado, pedindo que o aluno saia da sala.
 
- Professor: Rapaz, sai da minha aula. Sai da minha aula! Você vai ser expulso. Sai da minha aula.
 
O professor repete a ordem várias vezes, mas o estudante apenas ri, recusando-se a levantar. Em outro momento da gravação, o estudante fala algo para o professor, que o interrompe:
 
-Professor: Cala boca. Cala a boca, menino.
 
-Estudante: Cala a boca você, seu arrombado.
 
Na sequência o adolescente faz insinuações sobre a sexualidade do professor, arrancando risadas dos colegas que assistem à cena.
 
-Professor: Você vai ser expulso da escola.
 
-Estudante: E você acha que eu estou ligando?
 
-Professor: Você vai provar o que você está falando, hein
 
-Estudante: E você vai provar pro meu pai também
 
Queixa
O professor foi até a delegacia e o caso foi registrado por ato infracional de injúria e desacato. A reportagem do G1 entrou em contato com a escola, que informou que suspendeu o estudante das aulas por dois dias.
 
A Diretoria Regional de Ensino de Lins informou que os responsáveis pelo aluno foram chamados e que destacou um supervisor para acompanhar o caso.
 
A diretoria afirmou, ainda, que vai intensificar as ações pedagógicas com foco pela cultura de paz.
 
Agressões
Em fevereiro deste ano, outros dois casos de agressões a professores foram registrados em escolas em Lins. Em uma das ocorrências, o professor de 62 anos ficou com o rosto ensanguentado após ser agredido com socos por um aluno, que ainda arremessou um caderno contra ele.
 
Já o segundo caso de agressão também ocorreu em escola estadual. De acordo com o boletim de ocorrência, um professor de 41 anos e um cuidador, de 23, foram agredidos e ameaçados por um aluno de 12 anos.
 
De acordo com o boletim de ocorrência, o aluno partiu para cima do professor com tapas e socos, provocando lesões nos braços. Um cuidador da escola tentou apartar a confusão e também foi atingido. Ainda segundo o boletim de ocorrência, o aluno ameaçou o professor de morte.
 
 
Topo

APEOESP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo - Praça da República, 282 - CEP: 01045-000 - São Paulo SP - Fone: (11) 3350-6000
© Copyright APEOESP 2002/2011