APEOESP - Logotipo
Sindicato dos Professores

FILIADO À CNTE E CUT

Acessar Cadastre-se

Publicações

Redes Sociais Twitter YouTube RSS
Observatório da Violência

Observatório da Violência

Compartilhe: Imprimir

Voltar

Sex, 22 de Agosto 2014 - 17:14

Professores, pais e alunos protestam contra assaltos e arrastões em escolas de Itaquaquecetuba


Por: Ana Maria Lopes

Professores, pais e alunos da rede pública de Itaquaquecetuba realizaram uma passeata contra a violência nas escolas estaduais, no último dia 7. Organizada pela subsede da APEOESP em Itaquá, a passeata seguiu até o 1º Distrito Policial do município, onde já foram registrados vários Boletins de Ocorrências com relatos de ameaças, assaltos e até arrastões em  escolas da região.
Somente em agosto, a EE Edna Álvares Barbosa, na Vila Japão, foi alvo de um arrastão e a EE Professora Vera Lúcia Leite da Costa, no Jardim São Paulo sofreu dois assaltos. Professores e alunos tiveram celulares e outros objetos pessoais roubados.
Localizada a 41 quilômetros da capital paulista, Itaquaquecetuba foi considerada a quarta cidade mais violenta do Estado, em ranking elaborado pelo jornal Folha de S.Paulo com base em dados oficiais da Secretaria de Estado da Segurança Pública.
Além do protesto, a subsede da APEOESP em Itaquaquecetuba já realizou audiências com autoridades do município para reivindicar medidas contra a violência e outras ações para apoiar a comunidade escolar na luta contra o problema. A subsede está agora organizando uma nova audiência com representantes da Polícia Militar, do Conselho de Segurança e das Secretarias de Segurança Pública e Educação para a elaboração de um plano emergencial de combate à violência.
"Há um total ausência de segurança e descaso com nossos alunos, professores e a sociedade como um todo. Mas, esta violência não é exclusividades dos usuários das escolas públicas estaduais do município; comerciantes e a população em geral também sofrem com o aumento da criminalidade", denuncia a subsede de Itaquaquecetuba em carta aberta à população sobre a violência.

Veja aqui fotos do protesto do dia 07 de agosto de 2014



Topo

APEOESP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo - Praça da República, 282 - CEP: 01045-000 - São Paulo SP - Fone: (11) 3350-6000
© Copyright APEOESP 2002/2011