APEOESP - Logotipo
Sindicato dos Professores

FILIADO À CNTE E CUT

Acessar Cadastre-se

Publicações

Redes Sociais Twitter YouTube RSS
Observatório da Violência

Observatório da Violência

Compartilhe: Imprimir

Voltar

Sex, 09 de Novembro 2012 - 18:43

Professores pedem política severa contra violência escolar em Marília, SP

0 pessoas participaram de protesto pacífico na sessão da Câmara. Criação de Conselho de Esportes e Lazer foi aprovado em 1.ª discussão.

Professores da rede estadual de Marília (SP) buscaram apoio dos vereadores na sessão da Câmara de segunda-feira (2). Eles reivindicaram uma política mais severa em relação aos casos de indisciplina e violência dentro das escolas. O estopim foi o caso recente de um pai de aluno que agrediu uma diretora da cidade por não concordar com o regimento escolar.

O protesto foi pacífico, que reuniu mais de 50 professores. Eles levaram faixas que pedem o fim da violência nas escolas. O presidente e a diretora da Apeoesp, Juvenal de Aguiar e Carmem Urquisa, respectivamente, ganharam espaço para explicar aos vereadores os problemas de violência nas escolas e pediram que os vereadores encaminhem para o Governo do Estado, Secretaria Estadual da Educação e Secretaria de Segurança Pública requerimentos de projetos que criem políticas de segurança nas escolas.

Os vereadores se comprometeram a apoiar os professores. Na próxima sessão deve entrar em votação um requerimento para a contratação de assistente social e psicólogas para trabalhar nas escolas estaduais.

Também foram aprovados em primeira discussão os sete projetos de lei estavam na pauta. Entre eles, o que cria o Conselho Municipal de Esportes e Lazer. O projeto, que reajusta em R$ 47 o vale alimentação dos servidos da Câmara, passando a valer R$ 330 e, o que garante gratificação especial, de R$6 a R$12 por hora trabalhada, aos profissionais da saúde que atuam em regime de plantão.

Topo

APEOESP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo - Praça da República, 282 - CEP: 01045-000 - São Paulo SP - Fone: (11) 3350-6000
© Copyright APEOESP 2002/2011