APEOESP - Logotipo
Sindicato dos Professores

FILIADO À CNTE E CUT

Acessar Cadastre-se

Publicações

Redes Sociais Twitter YouTube RSS
Observatório da Violência

Observatório da Violência

Compartilhe: Imprimir

Voltar

Sex, 18 de Setembro 2015 - 15:08

Vídeo mostra briga de meninas dentro de sala de aula em Tatuí

Amigos de sala incentivaram a violência na escola.Caso foi em Tatuí. Delegacia de Ensino apura o caso. G1 - 17/09/2015

Duas adolescentes foram filmadas brigando na sala de aula na escola estadual Ari de Almeida Sinisgali, na Vila Esperança em Tatuí (SP), na quarta-feira (16). No vídeo, divulgado na internet e veiculado pela TV TEM,  é possível perceber que, enquanto elas brigam, os colegas de sala incentivam, dão risada e gritam. Somente um jovem tenta separa-las, mas não consegue evitar os tapas, chutes e puxões de cabelo. A idade delas não foi divulgada.

A direção da Delegacia Regional de Ensino informou que os pais das alunas envolvidas na briga e o aluno que fez o vídeo foram chamados para uma conversa com a direção da escola. Segundo o órgão, a situação teria sido resolvida por meio de diálogo.

Segundo a coordenadora do sindicato dos professores (Apeoesp) na região, Creusa Maria de Carvalho, as situações de violência nas escolas preocupam. “Através da diretoria de ensino vamos entrar em contato com a família para orientar essas crianças. Se for caso tomar as providências necessárias junto à promotoria para que casos como esse não voltem a ocorrer”, promete.
 

Professor agredido
Em Itapetininga (SP), o professor Luiz Carlos Pereira Filho contou à equipe de reportagem da TV TEM ter sofrido seis socos de um aluno de 34 anos durante aula para turma da Educação de Jovens e Adultos (EJA) na Escola Modesto Tavares de Lima, também na quarta-feira. “Entrei para dar prova e ele estava bem agitado. Pedi para ficar quieto, mas ele começou a responder. Mandei sair, então ele veio até mim e me deu seis socos no rosto. Os outros alunos que separaram”, diz.

O agressor disse à equipe de reportagem que, quando estava em aula, fez uma pergunta ao professor que foi estúpido na resposta, o humilhou na frente dos alunos e ainda pediu para que saísse da sala. Segundo ele, ficou nervoso e agrediu o professor.

O professor registrou boletim de ocorrência por desacato a funcionário público e lesão corporal. “O problema não é só a lesão física, mas sim o emocional e psicológico que ficam difíceis. Como é que vou entrar em sala de aula e que segurança vou ter”, comenta.

A direção da escola informou que está ciente do caso e encaminhou à Diretoria Regional de Ensino. A coordenadora da Apeoesp, Creusa Maria de Carvalho, diz que o órgão tomará providências. “Vamos orientar esse professor, acompanhar o caso e, se for o caso, levar adiante. Uma vez que esse aluno é um adulto, que ele seja punido de acordo com a atitude que tomou.”

Topo

APEOESP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo - Praça da República, 282 - CEP: 01045-000 - São Paulo SP - Fone: (11) 3350-6000
© Copyright APEOESP 2002/2011