APEOESP - Logotipo
Sindicato dos Professores

FILIADO À CNTE E CUT

Acessar Cadastre-se

Teses e Dissertação

Redes Sociais Twitter YouTube RSS

Compartilhe: Imprimir

Voltar

Sex, 18 de Novembro 2011 - 12:57

Estudantes com Síndrome de Down são tema de mestrado na Faculdade de Educação da USP

Professora da rede estadual paulista, Mariângela Carvalho Dezotti concluiu em abril a sua dissertação de mestrado em Educação Especial na USP. Sob o tema "Indivíduo com síndrome de Down: história, legislação e identidade", o trabalho apresenta o registro de gravações feitas por alunas com a síndrome sobre o ambiente escolar. A dissertação foi apresentada à Faculdade de Educação da Universidade para a obtenção do título de Mestre em Educação Especial. A professora Mariângela estudou as práticas da convivência introduzidas na relação do aluno com síndrome de Down com a escola pública do Estado de São Paulo.

Por: Profa. Mariângela Carvalho Dezotti - Mestre em Educação Especial

Estudantes com Síndrome de Down são tema de mestrado na Faculdade de Educação da USP

Professora da rede estadual paulista, Mariângela Carvalho Dezotti concluiu em abril a sua dissertação de mestrado em Educação Especial na USP. Sob o tema "Indivíduo com síndrome de Down: história, legislação e identidade", o trabalho apresenta o registro de gravações feitas por alunas com a síndrome sobre o ambiente escolar. A dissertação foi apresentada à Faculdade de Educação da Universidade para a obtenção do título de Mestre em Educação Especial. A professora Mariângela estudou as práticas da convivência introduzidas na relação do aluno com síndrome de Down com a escola pública do Estado de São Paulo.

Já na apresentação do trabalho, a pesquisadora destaca um dos marcos da Ação de Dakar Educação Para Todos, estabelecido em 2000: "Todas as crianças, jovens e adultos, em sua condição de seres humanos, têm o direito a uma educação orientada a explorar os talentos e capacidades de cada pessoa e a desenvolver a personalidade do educando, com o objetivo de que melhore sua vida e transforme a sociedade."

A pesquisa revela as formas de condução do processo de desenvolvimento do aluno com deficiência intelectual, através da observação deste estudante no espaço escolar. "O desenvolvimento interno do indivíduo, gerado por desejos e reflexões, elabora uma aquisição criativa a partir de ajustes do vivenciado, revelado na ação, na convivência do espaço escolar. O desafio, neste estudo, é responder a seguinte questão: as ações dentro da escola contribuem para a construção de um indivíduo possível, tornando a formação do indivíduo real refém destas forças?", questiona a professora.

Nesse sentido, o trabalho busca detectar marcos históricos que se repetem e também onde o poder de uma área se desenvolve e se fortalece a partir de um campo de saber, além de localizar, na legislação, como é configurado o indivíduo com deficiência intelectual. A professora busca definir "o indivíduo real, que persiste além do rótulo, do estigma, formado na contradição, em uma dialética de exclusão e inclusão".

Para analisar a realidade destes estudantes, Mariângela Carvalho valeu-se de registros fotográficos e até vídeos elaborados por alunos. "As forças produzidas pelo ambiente fazem parte da visão histórica da constituição do indivíduo com síndrome de Down, enquanto as técnicas de contorno e superação são construídas por ele, na vivência dos limites, e concorrem para a construção de um indivíduo único, nem sempre percebido pela escola", conclui a professora, que pretende publicar em livro o resultado de sua pesquisa.

Contatos com a professora, agora Mestre em Educação Especial, através do e-mail: maridezotti@hotmail.com

Topo

APEOESP - Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo - Praça da República, 282 - CEP: 01045-000 - São Paulo SP - Fone: (11) 3350-6000
© Copyright APEOESP 2002/2011